Câmara lança Frente Parlamentar pela Qualidade da Hotelaria Brasileira

img.php

16 abr Câmara lança Frente Parlamentar pela Qualidade da Hotelaria Brasileira

A Câmara dos Deputados lançou ontem, 15/04, a Frente Parlamentar pela Qualidade da Hotelaria Brasileira com 217 parlamentares unidos em defesa do crescimento do turismo como forma de enfrentar a crise econômica. Em um café da manhã, que reuniu o secretário executivo do Ministério do Turismo, Alberto Alves, o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH Nacional), Enrico Fermi; e o presidente da Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA), Alexandre Sampaio, foram escolhidos os dirigentes do Grupo que será coordenado pelo deputado César Halum (PRB/TO). Atendendo pedidos do trade turístico do Ceará, o deputado Domingos Neto, que apoia as lutas do segmento, assumiu a Segunda Secretaria da Frente.

Durante o evento, foi unânime a opinião de que o setor de turismo precisa de uma legislação de incentivo, a exemplo do que ocorre em outras áreas como esporte e cultura. Ex-secretário Extraordinário da Copa em Fortaleza, Domingos Neto citou números que, na sua opinião, expressam o potencial turístico do País. Em 2014, o gasto de turistas estrangeiros no Brasil bateu recorde, com US$ 203 milhões a mais do que foi registrado em 2013 – ano do recorde anterior. Os números foram divulgados pelo Banco Central em janeiro deste ano, revelando que o turismo respondeu pelo ingresso de U$ 6,9 bilhões no país. Nos meses da Copa, em junho e julho,os visitantes internacionais gastaram US$ 1,5 bilhão no país, representando um aumento de 60% na comparação com igual período de 2013. Levantamento do Ministério do Turismo revela que o país recebeu turistas de 203 nacionalidades durante o Mundial. Eles permaneceram em média 13 dias no país e estiveram em 491 municípios brasileiros, incluindo as cidades-sede.

Para o Secretário Executivo, Alberto Alves, que representou o Ministro do Turismo, Vinicius Lages,a criação da Frente Parlamentar pode ajudar a inserir o turismo na pauta econômica do país. “A frente vai ter um papel decisivo no debate de ideias, especialmente pela importância que a hotelaria tem na economia brasileira”. O presidente da Frente, deputado César Halum ressaltou que a receita gerada pelo turismo é superior a da exportação de frango, café ou aviões. “São 3,7% de participação no Produto Interno Bruto (PIB), bem próximo ao percentual da indústria automotiva, responsável por 5,4%. O turismo deve ser considerado como um agente econômico que tem muito a acrescentar no desenvolvimento do país”, disse.

Assessoria de Imprensa

 

 

 

No Comments

Post A Comment

4 + 17 =