Comissão de Trabalho aprova projetos de Domingos Neto

Em plenário 17

29 jun Comissão de Trabalho aprova projetos de Domingos Neto

A Comissão de Trabalho, Administração e Serviços Público, da Câmara dos Deputados, aprovou na manhã de hoje, 11/05, dois projetos de lei, do deputado Domingos Neto, autorizando o Poder Executivo a criar campus da Universidade Federal do Ceará nos municípios de Tauá e de Ipu. As matérias, explicou Domingos Neto, se inserem em seus esforços de transformar a região dos Inhamuns em um polo universitário e de contribuir com a formação da juventude da região, proporcionando ensino superior de qualidade e gratuito.

Relatados pelo deputado Cabo Sabino, do PR-Ce, os Projetos 3124/2015 e 3125/2015, começaram a tramitar em setembro do ano passado, em regime de apreciação conclusiva. Ou seja, não necessitam ser votados em plenário. Além da ComissãodeTrabalho, Administração e Serviços Público, os projetos serão apreciados também nas Comissões de Educação, na de Finanças e Tributação e na de Constituição e Justiça.

Em seu parecer, o deputado Cabo Sabino destacou ser fato já reconhecido que a interiorização do ensinopúblico de nível superior tem se mostrado bastante exitosa no que concerne aodesenvolvimento de regiões afastadas dos grandes centros populacionais edas capitais dos estados, contribuindo para uma considerável melhoria daqualidade de vida nessas áreas. Além disso,a criação de umnovo campus de uma universidade já existente e em funcionamento éinfinitamente mais fácil e menos onerosa para os cofres públicos do que acriação de uma nova universidade, afirmou.

Segundo Domingos Neto, a instalação dos campis universitários da UIFC  em Tauá e Ipu leva benefícios para além da população dos municípios, atraindo para a região jovens de outros estados, mobilizando a sociedade, gerando conhecimentos e oportunidades reais de prática profissional. Em Tauá funciona, desde 2009, o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará atendendo a juventude deArneiroz, Aiuaba, Quiterianópolis e Parambu, e recebe alunos de várias outras regiões, por meio do Sistema de Seleção Unificada (SISU) e outros processos seletivos do MEC. A instituição oferta dois cursos, sendo um de nível técnico em Agronegócio e outro de nível superior em tecnologia de Telemática.

Em processo de  discussão com a comunidade local para a ampliação da oferta de novos cursos no IFCE Tauá, no final de 2014, foram definidos oito cursos técnicos (Fruticultura, Desenvolvimento de Jogos Digitais, Redes de Computadores, Segurança no Trabalho, Meio Ambiente, Farmácia, Edificações e Agrimensura); e seis cursos superiores (Agronomia, Nutrição, Análise e Desenvolvimento de Sistemas e Engenharia Civil, e as licenciaturas em Física e Letras com dupla habilitação em Língua Portuguesa e Inglês). De acordo com o Plano de Desenvolvimento Institucional 2014-2018, a intenção é ampliar a oferta de cursos técnicos e superior já este ano.

No Comments

Post A Comment

nove + cinco =