Transcurso do Dia Internacional da Mulher. Atuação da Organização das Nações Unidas – ONU em prol da igualdade de gênero

24 mar Transcurso do Dia Internacional da Mulher. Atuação da Organização das Nações Unidas – ONU em prol da igualdade de gênero

O SR. DOMINGOS NETO (Bloco/PSD-CE. Pronunciamento encaminhado pelo orador.) – Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, 8 de março é o Dia Internacional da Mulher e, de acordo com a Organização das Nações Unidas – ONU, neste ano o tema da celebração será Por um mundo paritário em 2030: Avançar mais depressa rumo à igualdade de gênero!
Com esse lema, a organização internacional está lembrando a todos nós os compromissos adotados por líderes mundiais em setembro do ano passado em Nova York, por ocasião da Cúpula das Nações Unidas, quando foi lançada a Agenda 2030, com 17 objetivos de desenvolvimento sustentável. O objetivo número 5 é precisamente alcançar a igualdade dos sexos e autonomizar todas as mulheres e meninas. A ONU Mulheres organizou uma reunião especial em que diversos Chefes de Estado, entre eles nossa Presidenta Dilma Roussef, prometeram se dedicar à busca da igualdade entre homens e mulheres.
Esse engajamento internacional não poderia ser mais oportuno. Aqui no Brasil, também em setembro de 2015, ganhou registro no Tribunal Superior Eleitoral o Partido da Mulher Brasileira, nascido com o propósito de aumentar a participação feminina em todas as esferas de poder. Destaco que tivemos uma pequena participação no fortalecimento do PMB nos Estados, em especial no Ceará, onde a agremiação é hoje presidida pela Prefeita de minha cidade, Patrícia Aguiar.
É desnecessário dizer o quanto essa luta ainda é atual. Nas últimas eleições gerais, em pleno século XXI, elegemos apenas 51 Deputadas e 13 Senadoras – 9,9% e 16%, respectivamente, da composição da Câmara dos Deputados e do Senado. Por mais que a Chefe do Governo brasileiro seja ela mesma do sexo feminino, Dilma Roussef nomeou mulheres para a titularidade de apenas quatro dos 31 Ministérios de seu Governo.
Tamanha diferença de representação mostra que nossa sociedade não é tão democrática quanto gostaríamos. Se metade da população encontra possibilidades reduzidíssimas de participar da formação das decisões públicas, isso só pode ser visto como uma prova de que nossa democracia ainda é incompleta, imperfeita. Lutar pela participação feminina é lutar pela democracia. Que essas palavras estejam a sair da boca de um homem não deve causar estranheza. A luta por igualdade deve unir a todos, homens e mulheres. Nossa bancada reúne Deputadas e Deputados comprometidos com essa causa.
Nosso partido não luta apenas por uma maior participação feminina nas instituições estatais. A democracia pode e deve ir além da esfera do direito público. O PMB quer ver mais mulheres em todos os setores da sociedade. O mundo será muito melhor quando mulheres participarem em igualdade na vida empresarial, nas ciências, nas artes, em tudo que é humano, enfim.
Se quisermos que esse mundo ideal chegue até 2030, como a ONU propõe, de fato precisamos nos apressar. Por enquanto, nem sequer conseguimos ainda garantir respeito à liberdade e à dignidade sexual femininas.
Em 2014, mais de 47 mil estupros foram registrados no Brasil, e o provável é que esse número seja não mais que uma fração do total de ocorrências desse crime, já que muitas vezes o fato não é comunicado às autoridades. Em 2013, a Central de Atendimento à Mulher, que atende pelo telefone 180, recebeu 340 relatos de tráfico de mulheres. Deles, 220 narravam tráfico para fins de exploração sexual e outros 116, tráfico para exploração do trabalho.
Eliminar a violência contra as mulheres, reconhecer-lhes maior voz na política e expandir suas oportunidades econômicas não são três linhas de ação paralelas, são uma só. O PMB quer uma vida melhor para todos os brasileiros, e isso exige a valorização da mulher, em diferentes sentidos. Quem estiver disposto a lutar por isso, homem ou mulher, será sempre bem-vindo.
Muito obrigado e feliz Dia Internacional da Mulher a todas as brasileiras!

No Comments

Post A Comment

13 − dois =